Lusovini cria museu virtual do vinho

Nem só o Dão, mas todo o património vitícola nacional será dado a conhecer nesta plataforma que é inaugurada dia 10

Contribuir para a valorização dos vinhos portugueses no mundo é o objetivo do Museu Virtual do Vinho do Dão, um investimento da Lusovini, empresa com sede em Nelas, e que dia 10 será formalmente apresentado, em Lisboa, com a presença do ministro da Economia, Caldeira Cabral. E embora o ponto de partida do projeto seja o Dão - a demarcação da região, a sua paisagem, solos e clima -, na verdade o portal dá a conhecer toda a história do vinho, desde o seu aparecimento no Cáucaso, há oito mil anos, e o seu percurso até à chegada à Península Ibérica, há cerca de 5.500 anos, e a sua expansão em Portugal. "Portugal já é um país pequeno, não precisa de ser dividido. O mais importante é vender o país, como um todo e, depois, cada produtor per si venderá o seu vinho", defende o presidente da Lusovini, Casimiro Gomes.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG