Luís Correia da Silva: "Golfe é estratégico para encher hotéis"

CEO da Dom Pedro Golf diz que golfe e hotelaria são parceria estratégica.

“Nas grandes épocas de pico de golfe turístico não há voos. Mesmo a TAP não tem uma ponte aérea de Lisboa para o Algarve”, denunciou Luís Correia da Silva, CEO da Dom Pedro Golf, num painel do XII Conferência Anual do Turismo, que decorre esta sexta-feira, na Madeira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG