Lítio. DGEG apenas reconhece Lusorecursos e risca Novolítio

Em causa está a exploração de lítio na zona de Montalegre, em Trás-os-Montes. E um investimento de 370 milhões de euros que pode não vir a acontecer.

A secretaria de Estado do Ambiente assumiu esta tarde a existência de um "claro conflito" entre a empresa Lusorecursos e a Novolítio, sociedade detida pela Dakota Minerals, depois de o Dinheiro Vivo ter noticiado esta manhã o avanço do caso para os tribunais. E segundo o gabinete de Seguro Sanches, a Direção-geral da Energia e Geologia neste momento apenas considera como válida a Lusorecursos, já que é esta empresa que tem um "contrato devidamente válido" com o Estado.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG