Lisboa vale metade das vendas de casas mas menos de 40% do crédito

A capital é, a par do Algarve, a zona em que se recorre menos ao crédito para se comprar casa. A explicação: o apetite de estrangeiros.

Os bancos abriram a torneira do crédito. Mas são cada vez mais os que dispensam empréstimos para comprar casa. Uma tendência que se verifica em praticamente todo o país, mas que é mais pronunciada na Área Metropolitana de Lisboa e no Algarve. Para o Banco de Portugal, esta é uma prova de que a subida dos preços das casas tem sido alimentada de forma mais significativa por estrangeiros, fundos e empresas, que compram a dinheiro, do que pelo crédito concedido pela banca.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG