Jeff Bezos foi o homem mais rico do mundo só por algumas horas

Desvalorização das ações da Amazon retirou o título ao fundador. Bill Gates regressa ao primeiro lugar

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, foi esta quinta-feira o homem mais rico do mundo por apenas algumas horas.

Bezos liderou o famoso ranking dos multimilionários da revista Forbes da parte da manhã, após a abertura dos mercados, quando a cotação da Amazon lhe "deu" uma fortuna avaliada em 90,6 mil milhões de dólares.

Só que ao longo do dia a cotação da empresa variou. Após uma subida, as ações desvalorizaram e a empresa encerrou o mercado a cair, levou a fortuna de Jeff Bezos para "apenas" 88,7 mil milhões de dólares (540 milhões abaixo do dia anterior).

Como escreve a Forbes, Bill Gates regressou assim ao lugar cimeiro da lista, com uma fortuna estimada de 89,8 mil milhões de dólares, mesmo assim 240 milhões menos do que no dia anterior.

A desvalorização das ações da Amazon deveu-se especialmente aos resultados da empresa do segundo trimestre, apresentados esta quinta-feira. O gigante das vendas online anunciou uma rentabilidade por ação de 40 cêntimos de dólar, bem abaixo dos 1,42 cêntimos prevista pelos analistas.

A queda prosseguiu nas negociações após o fecho do mercado, retirando à fortuna de Bezos outros 1,8 mil milhões de dólares, uma diferença de 2,9 mil milhões para Bill Gates, segundo a Forbes.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG