IRS: mudanças que aí vêm e que lhe podem interessar

Há várias (pequenas) mudanças no IRS a ter em conta em 2017. As que mais vão marcar diferença prendem-se com a declaração anual e com a sobretaxa.

Comecemos pelos ESCALÕES. Pelo segundo ano consecutivo, as taxas gerais do IRS que incidem sobre os escalões anuais de rendimento coletável foram atualizados. Em 2017, o limite de cada um dos cinco escalões avançou 0,8%. Esta subida tem especial relevância entre as pessoas que ao longo de 2017 tiveram aumentos ou acréscimos salariais na medida em que minimiza o impacto da subida de um escalão para outro.