Investigadora com bolsa de 3,5 milhões: "estamos pior do que na troika"

Elvira Fortunato conseguiu bolsa europeia, mas não consegue gastar o dinheiro. "Estão a matar a investigação". Amanhã tenta convencer António Costa.

"Não conseguimos comprar coisas simples como computadores para o nosso pessoal trabalhar". Elvira Fortunato é categórica na hora de criticar as alterações ao Código dos Contratos Públicos (CCP), promovidas pelo Ministério do Planeamento desde 1 de janeiro. "Está a matar a investigação, nunca estivemos tão mal nem com a troika", disse hoje ao Dinheiro Vivo. E nem as alterações que foram aprovadas a semana passada em Conselho de Ministros convencem a vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa, que se reúne esta manhã com António Costa.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG