Queiroz Pereira: Investigação conclui que morte foi acidental

O corpo do empresário foi autopsiado na manhã desta segunda-feira e que ainda não há data para a sua trasladação para Portugal.

As autoridades espanholas deram por encerrada a investigação à morte do industrial Pedro Queiroz Pereira, tendo concluído que se tratou de um acidente.

Pedro Queiroz Pereira, dono da Semapa e da Navigator, morreu no sábado ao final da noite, aos 69 anos, no seu iate, em Ibiza. "A investigação está terminada. A conclusão é que se tratou de um acidente", apurou o Dinheiro Vivo.

O empresário sofreu uma queda no seu iate de luxo e as autoridades espanholas abriram uma investigação ao caso.

As conclusões preliminares apontam que o magnata "morreu de ataque cardíaco", não estando determinado se aquele "foi a causa da queda ou se foi consequência da queda".

Fonte oficial da Semapa afirmou que o corpo do empresário foi autopsiado na manhã desta segunda-feira e que ainda não há data para a sua trasladação para Portugal.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos