Plano Juncker duplica meta do emprego até 2020

Em janeiro de 2015, Plano Juncker tinha como meta alavancar 315 mil milhões de euros em investimento até 2018. Diz que já supera 335 mil milhões.

O Plano de Investimento para a Europa, batizado como Plano Juncker (o apelido do atual presidente da Comissão Europeia, superou a meta inicial de investimentos esperados e prevê agora duplicar o número de postos de trabalho a criar nos próximos três anos: diz que criou 750 mil empregos em três anos e que pretende chegar a 1,4 milhões até final de 2020.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Foi Centeno quem fez descer os juros?

Há dias a agência de notação Standard & Poor's (S&P) subiu o rating de Portugal, levando os juros sobre a dívida pública para os níveis mais baixos de sempre. No mesmo dia, o ministro das Finanças realçava o impacto que as melhorias do rating da República têm vindo a ter nas contas públicas nacionais. A reacção rápida de Centeno teve o propósito óbvio de associar a subida do rating e a descida dos juros às opções de finanças públicas do seu governo. Será justo fazê-lo?