Libertem as galinhas. Intermarché abandona ovos de galinhas criadas em gaiolas

Cadeia francesa quer até 2025 deixar de comercializar ovos de galinhas criadas em gaiolas.

O Intermarché vai deixar gradualmente de comercializar ovos de galinhas criadas em gaiolas. O processo, iniciado em concertação com a fileira de produção, dá até 2025 para os produtores se adaptarem às novas exigências da cadeia do Grupo Os Mosqueteiros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.