Jeff Bezos ultrapassa Bill Gates e torna-se o homem mais rico do mundo

Subida do valor das ações da Amazon levou à ascensão de Bezos, fundador da companhia de negócio online

Bill Gates já não é o homem mais rico do mundo. O lugar pertence agora a Jeff Bezos, fundador da Amazon. Pelo menos temporariamente.

A chegada de Bezos ao lugar cimeiro do ranking dos mais ricos do planeta, elaborado pela Forbes e atualizado em tempo real, está relacionada com a valorização das ações da Amazon.

A Forbes estima a fortuna de Bezos em 90,6 mil milhões de dólares (cerca de 77,7 mil milhões de euros), contra os 90 mil milhões (77,1 mil milhões de euros, aproximadamente) do cofundador da Microsoft, Bill Gates.

No último ano, as ações da Amazon cresceram cerca de 40%, o que aumentou a fortuna de Jeff Bezos em milhares de milhões de dólares.

O New York Times refere que cada ação da Amazon vale agora 1063 dólares (mais de 911 euros), com Bezos a deter quase 81 milhões de ações da empresa, o que equivale a cerca de 17%.

Bill Gates esteve no topo da lista da Forbes em 18 dos últimos 23 anos.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.