Isabel dos Santos e Sonangol têm na Bolsa 3,3 mil milhões

Empresária vai deixar de controlar as posições que a Sonangol detém no BCP. E perde influência na Galp

O poder que Isabel dos Santos detinha na Bolsa portuguesa vai ficar bem menor depois de ter sido exonerada da presidência da Sonangol. A filha do antigo presidente era uma das investidores mais poderosas em Portugal, sendo a responsável por participações na Galp, no BCP e na Nos, que têm um valor de mercado, aos preços atuais, de mais de 3,3 mil milhões de euros. Mas agora perde influência na Galp e deixa de controlar a participação no BCP, no qual a Sonangol ainda tem decisões a tomar. Fica apenas com a parceria com a Sonaecom na Nos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos