Após mais de 12 horas de reunião, governo aprovou o orçamento do Estado

Conselho de ministros extraordinário teve início cerca das 11:00

O governo esteve este sábado reunido em conselho de ministros extraordinário para aprovar o Orçamento do Estado para o próximo ano.

Ao fim de mais de 12 horas de reunião, o executivo finalizou a proposta de orçamento. O documento será entregue no Parlamento na próxima segunda-feira.

Num curto comunicado, divulgado no portal do Governo, pelas 22.17, lê-se que "o Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2019, o relatório que o acompanha, as Grandes Opções do Plano e o Quadro Plurianual de Programação Orçamental".

Entre as propostas incluídas no orçamento conta-se a possibilidade de reformas antecipadas sem penalização para quem tenha 63 anos e 40 de contribuições, mexidas no IRS com a promessa de maiores reembolsos e aumentos em impostos como do tabaco ou sobre o consumo.

Leia aqui o que já é conhecido da proposta

Ler mais

Exclusivos

Premium

Geopolítica

5 anos. A Crimeia é russa mesmo que Ocidente não goste

Em março de 2014, no auge da rebelião na Ucrânia que derrubou o regime pró-russo de Viktor Ianukovitch, forças russas ocupavam a Crimeia e Moscovo decretava a 18 a anexação da península e a sua plena integração na Federação Russa. Era o início de uma crise que, cinco anos depois, continua a envenenar as relações entre a Rússia e o Ocidente.