Facebook vai criar 500 novos empregos em Londres

Para a empresa, esta é uma forma de reafirmar o seu compromisso com o Reino Unido e de demonstrar "determinação e proatividade" a "detetar e remover conteúdos maliciosos"

O Facebook anunciou esta quarta-feira a criação de 500 novos empregos em Londres até ao final do ano. Destes, 100 estarão ligados à inteligência artificial e vão incidir no combate aos conteúdos falsos na rede social norte-americana.

Os novos funcionários do Facebook vão ser distribuídos por três empresas, incluindo pelo novo centro de engenharia da empresa em Soho, Londres.

"Estes milhares de novos empregos demonstram não apenas o nosso compromisso para com o Reino Unido, como também a nossa determinação e proatividade a detetar e remover conteúdos maliciosos", disse a vice presidente do Facebook na Europa, Nicola Mendelsohn, durante a semana da Tecnologia de Londres.

Neste momento, a capital do Reino Unido é a cidade com mais funcionários da rede social fora dos Estados Unidos.

Exclusivos

Premium

Betinho

Betinho: "NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus à seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.