CTT quer fechar 22 lojas pelo país. Veja quais são

Encerramento de um número indeterminado de lojas, consideradas não rentáveis, estava previsto no plano de reestruturação dos CTT

Os CTT preparam-se para fechar 22 lojas dos Correios em todo o país, a maioria das quais na Grande Lisboa e Grande Porto, noticiou o Eco e confirmou o Dinheiro Vivo junto da Comissão de Trabalhadores.

A notícia foi entretanto confirmada oficialmente. O fecho de um número indeterminado de lojas não rentáveis estava previsto no plano de reorganização da empresa liderada por Francisco Lacerda que prevê a saída de 800 trabalhadores entre 2018-2020. Com estes encerramentos poderão estar em causa cerca de quatro dezenas de postos de trabalho.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Patrícia Viegas

Espanha e os fantasmas da Guerra Civil

Em 2011, fazendo a cobertura das legislativas que deram ao PP de Mariano Rajoy uma maioria absoluta histórica, notei que quando perguntava a algumas pessoas do PP o que achavam do PSOE, e vice-versa, elas respondiam, referindo-se aos outros, não como socialistas ou populares, não como de esquerda ou de direita, mas como los rojos e los franquistas. E o ressentimento com que o diziam mostrava que havia algo mais em causa do que as questões quentes da atualidade (a crise económica e financeira estava no seu auge e a explosão da bolha imobiliária teve um impacto considerável). Uma questão de gerações mais velhas, com os fantasmas da Guerra Civil espanhola ainda presente, pensei.