Crise energética. Preços dos combustíveis mantêm-se estáveis antes da greve

Gasolina aumenta meio cêntimo e gasóleo estabiliza preços ao fim de quatro semanas a subir.

Se vai seguir os conselhos do governo e abastecer o depósito do carro na próxima semana para se precaver em caso de greve dos motoristas de matérias perigosas a partir de 12 de agosto, saiba que já a partir de segunda-feira o gasóleo vai manter o seu preço e a gasolina vai aumentar meio cêntimo, de acordo com fontes do setor ouvidas pelo Dinheiro Vivo.

Tendo em conta os dados da Direção Geral de Energia e Geologia, o preço da gasolina 95 sobe assim para 1,521 euros por litro, depois de na semana passada ter descido cerca de um cêntimo. Isto significa que para encher um depósito de 60 litros nos dias pré-greve terá de gastar mais de 91 euros.

Quanto ao gasóleo simples, o preço não irá mexer para a semana, pondo fim à tendência de subida que se registava já há quatro semanas consecutivas. Com este combustível estável nos 1,350 euros por litro, quem quiser partir de férias na segunda-feira e atestar o depósito pagará por 60 litros cerca de 81 euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia