INE. Consumo ganha força e investimento perde gás no segundo trimestre

Contributo da procura interna para a variação do PIB aumentou em resultado da aceleração do consumo privado, enquanto o investimento perdeu gás.

A economia portuguesa cresceu 2,3% no segundo trimestre deste ano face a igual período de 2017, confirmou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), na estimativa definitiva para o produto interno bruto (PIB) em termos reais, isto é, descontando a inflação.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG