Impostos levam mais de metade do que pagamos pela energia

Estado absorve a maior fatia da fatura da eletricidade (52%) e dos combustíveis (62%). Portugueses estão entre os mais penalizados da Europa.

Os portugueses não têm dúvidas que estão entre os europeus que suportam os preços mais elevados quando necessitam de atestar o depósito do carro ou pagam a conta da eletricidade e do gás. Mas nem todos se aperceberão que uma boa parte do que desembolsam corresponde a impostos e taxas. Os dados, contudo, deixam pouca margem para dúvidas: na gasolina, a carga fiscal absorve 62% do que se paga; na eletricidade são 52% e no gás são 27%.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos