"Heroína? Dona Antónia Ferreira. Pela visão e responsabilidade social"

O famoso Questionário de Proust respondido pelo presidente da AEP - Associação Empresarial de Portugal, Luís Miguel Ribeiro.

A sua virtude preferida?

A sinceridade, por ser aquela que melhor define o perfil do ser humano a vários níveis.

A qualidade que mais aprecia num homem?

A humildade, a par da dose certa de ambição.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?

Mantenho a sinceridade. Não há distinção nas qualidades que um homem e uma mulher podem ter.

O que aprecia mais nos seus amigos?

Serem verdadeiramente amigos...

O seu principal defeito?

A teimosia. Pelos menos é isso que mais ouço lá em casa.

A sua ocupação preferida?

O meu trabalho e os momentos com a família e os amigos.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?

Ter saúde, trabalho e uma família feliz.

Um desgosto?

Falecimento de algumas pessoas próximas, em especial o da minha irmã.

O que é que gostaria de ser?

Um bom exemplo para as minhas filhas e um cidadão que contribuiu para uma sociedade melhor e um futuro com mais oportunidades.

Em que país gostaria de viver?

Em Portugal.

A cor preferida?

Azul.

A flor de que gosta?

Hortênsias. As flores que pintam o meu jardim de várias cores.

O pássaro que prefere?

A águia. Robusta, imponente e ágil

O autor preferido em prosa?

Eça de Queiroz. Criou o elo entre tradição e modernidade, através de uma visão crítica da sociedade.

Poetas preferidos?

Teixeira de Pascoaes, um amarantino e um dos mais importantes pensadores contemporâneos da Saudade e da Portugalidade.

O seu herói da ficção?

O Super-Homem. Usa os poderes que tem para ajudar os outros.

Heroínas favoritas na ficção?

Katniss Everdeen, a heroína do filme Os Jogos da Fome, pela resiliência e por defender que não se deve desistir dos objetivos, mesmo que o caminho seja difícil.

Os heróis da vida real?

São muitos e uma boa parte são anónimos. São todos aqueles que na sua vida contribuem para uma sociedade melhor.

As heroínas históricas?

Dona Antónia Ferreira. Pela sua visão, empreendedorismo e responsabilidade social.

Os pintores preferidos?

Amadeo de Souza Cardoso, por ser natural de Amarante, um homem muito à frente no seu tempo, que levou o nome de Portugal além-fronteiras.

Compositores preferidos?

Mário Laginha.

Os seus nomes preferidos?

Ana, Beatriz e Amélia. Por serem os nomes das minhas filhas e da minha mulher.

O que detesta acima de tudo?

Pessoas desonestas e disfarçadas.

A personagem histórica que mais despreza?

Todos os ditadores.

O feito militar que mais admira?

O 25 de abril de 1974.

O dom da natureza que gostaria de ter?

Poder voar para ver a vida de outras perspetivas.

Como gostaria de morrer?

Não importa quando, mas de consciência tranquila e sem necessidade de cuidados continuados.

Estado de espírito atual?

De bem com a vida e cheio de vontade de criar e executar novos projetos.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Os que se cometem com uma justificação forte e aceitável, sem prejudicar os outros.

A sua divisa?

Ver as dificuldades como novas oportunidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG