Governo corta mais 150 milhões de euros nos apoios sociais até 2018

Governo poupar mais nas prestações sociais. E só prevê gastar 200 milhões de euros no subsídio aos trabalhadores pobres

O governo tem planos para poupar despesa com apoios sociais (prestações) em cerca de 100 milhões de euros em 2017 e outros 50 milhões em 2018. E apenas prevê gastar 200 milhões de euros na atribuição do subsídio aos trabalhadores pobres nas contas de 2018, sendo que esta medida não gerará mais despesa nos anos seguintes.

O quadro plurianual com os valores das poupanças e despesas líquidas (por ano, por medida) para um horizonte de quatro a cinco anos é algo que tem acompanhado sempre os Programas de Estabilidade (e antes os Documento de Estratégia Orçamental), mas este ano o governo retirou o dito do PE, tendo enviado o documento à posteriori para a Comissão Europeia, Conselho das Finanças Públicas e Unidade Técnica de Apoio Orçamental.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG