Governo aprova aumentos salariais para a função pública

Os aumentos são de dez euros para os salários mais baixos. Para os restantes a atualização é de 0,3%.

O Governo aprovou esta quinta-feira o aumento salarial na função pública para este ano, com o reforço de dez euros para os salários mais baixos, até aos 683,13 euros, e de 0,3% para os restantes.

"Os trabalhadores que aufiram a base remuneratória da Administração Pública ou cujo valor da remuneração base mensal se situe até ao valor do montante pecuniário do nível 5 da Tabela Remuneratória Única (TRU) terão, em 2020, uma atualização salarial de dez euros, sendo a remuneração dos trabalhadores que não se encontrem nesta condição atualizada em 0,3%. Estas atualizações são retroativas a 1 de janeiro", refere o comunicado do Conselho de Ministros.

De acordo com o governo, este aumento ronda 1,5% e beneficiará cerca de 150 mil trabalhadores do Estado, enquanto todos os outros têm uma atualização de 0,3%, considerada um "insulto" na visão dos sindicatos que têm protestos agendados para este mês, incluindo uma greve para o dia 20.

"São aumentos que em termos destes dois grupos que estão na base dos salários abaixo dos 700 euros têm algum peso. Relativamente aos 0,3% foi o que foi possível avançarmos neste ano, do ponto de vista do impacto orçamental", sublinhou a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública (MMEAP), reafirmando que já ficou o compromisso com os sindicatos da administração pública para aumentos futuros em linha com a inflação, "com compensação do poder de compra".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG