General Motors acusa Governo da Venezuela de confisco de fábrica

Grupo norte-americano acusa Governo de Maduro de retirar ilegalmente carros da empresa

A General Motors acusa o Governo da Venezuela de confisco da fábrica instalada naquele país. O grupo norte-americano decidiu suspender a produção de carros nesta unidade e acusa ainda o executivo de Nicolás Maduro de se apropriar ilegalmente de alguns dos carros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG