Fórum para a Competitividade: “Portugal está claramente a divergir”

Fórum quer relançar projeto de competitividade com 25 anos. Defende menos IRC, reforma do IEFP e revisão da lei laboral. Leste deve ser exemplo.

Não é de hoje, é de há 25 anos. Mas para o Fórum para a Competitividade, organização lançada na esteira de um estudo para Portugal do economista norte-americano Michael Porter, as bases continuam válidas. A organização presidida por Pedro Ferraz da Costa que relançar o Projeto Porter – assente na defesa de clusters empresariais e de políticas públicas de estímulo que evidenciassem vantagens competitivas nacionais – e diz esperar que “à terceira seja de vez”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG