FMI. Portugal é o país do euro que mais corta no défice entre 2015 e 2019

Fundo avisa que "boas notícias são de curto prazo" e que o longo prazo "é mais preocupante". Economia portuguesa revista em alta.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) duvida das contas do Programa de Estabilidade (PE), que o governo consiga reduzir tanto como diz o saldo orçamental, baixando o défice para 0,7% do produto interno bruto (PIB) este ano e para 0,2% em 2019, o último ano desta legislatura.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG