FMI pede a Centeno para adiar devolução de rendimentos

Christine Lagarde duvida da capacidade de Portugal cumprir metas. Défice inferior a 2,9% só com Plano B

O tom é menos impositivo do que o dos últimos três anos, mas a receita mantém-se a mesma: Christine Lagarde não acredita nas metas orçamentais que António Costa traçou para Portugal e pede mais esforço e menos generosidade. Adiar a reposição integral dos salários dos funcionários públicos, manter a sobretaxa do IRS e preparar um plano B que permita cumprir as metas do défice são algumas das recomendações do FMI após mais uma visita a Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG