FMI corta crescimento de Portugal e sobe taxa de desemprego

Portugal só deve crescer 1,7% este ano, diz o FMI. Instituição é a mais pessimista de todas, apontando para 6,8% de desemprego este ano.

O crescimento da economia portuguesa vai ser ligeiramente menor do que o esperado este ano, cerca de 1,7%, e a taxa de desemprego descerá menos, ou seja, foi revista em alta para 6,8% da população ativa, indica o Fundo Monetário Internacional no novo Panorama Económico Mundial (outlook da primavera), divulgado esta terça-feira a partir de Washington.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos