Ferreira de Oliveira: "As contas devem ser o que são"

Empresas que violam ética perdem valor. É conclusão do debate sobre princípios nos negócios, no 1.º Congresso dos Gestores

O problema da ficção na contabilidade das empresas ajudou a animar o debate desta semana em Lisboa, sobre ética na gestão em Portugal, moderado pela diretora do Dinheiro Vivo, Rosália Amorim. Aconteceu durante o 1.o Congresso dos Gestores Portugueses, organizado pelo Fórum de Administradores e Gestores de Empresas, um evento que horas antes tinha revelado um estudo da Informa D&B, segundo o qual as empresas portuguesas estão entre as que mais se atrasam a pagar. Falha que cola Portugal entre os piores pagadores da Europa - apenas 19,5% das empresas nacionais cumpriu os prazos na última década, quando a média europeia foi de 39,1%.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG