Falta de resposta nas 35 horas leva Frente Comum a insistir na greve

Frente Comum vai manter o pré-aviso de greve na função pública porque não teve garantias do governo sobre as 35 horas.

A ausência de resposta do governo sobre a entrada em vigor do horário semanal das 35 horas levou a coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila, a insistir esta quarta-feira na greve que está marcada para dia 29 de janeiro.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG