Facebook vai criar 500 novos empregos em Londres

Para a empresa, esta é uma forma de reafirmar o seu compromisso com o Reino Unido e de demonstrar "determinação e proatividade" a "detetar e remover conteúdos maliciosos"

O Facebook anunciou esta quarta-feira a criação de 500 novos empregos em Londres até ao final do ano. Destes, 100 estarão ligados à inteligência artificial e vão incidir no combate aos conteúdos falsos na rede social norte-americana.

Os novos funcionários do Facebook vão ser distribuídos por três empresas, incluindo pelo novo centro de engenharia da empresa em Soho, Londres.

"Estes milhares de novos empregos demonstram não apenas o nosso compromisso para com o Reino Unido, como também a nossa determinação e proatividade a detetar e remover conteúdos maliciosos", disse a vice presidente do Facebook na Europa, Nicola Mendelsohn, durante a semana da Tecnologia de Londres.

Neste momento, a capital do Reino Unido é a cidade com mais funcionários da rede social fora dos Estados Unidos.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.