Expansão e hotel do CCB só interessaram à Mota-Engil

Renda anual de 300 mil euros, que passam a 900 mil após a construção motivaram escassez de candidatos

A promessa era haver meia dúzia de interessados mas o concurso para a construção, instalação e exploração da nova fase de desenvolvimento do Centro Cultural de Belém (CCB), que inclui a instalação de um hotel e espaços comerciais, só motivou uma oferta.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG