Ex-CEO da Volkswagen acusado de fraude no caso Dieselgate

A acusação alega que Martin Winterkorn já tinha conhecimento do esquema de manipulação antes de a polémica vir a público.

Martin Winterkorn, que foi CEO do grupo Volkswagen entre 2007 e setembro de 2015, foi acusado nos Estados Unidos de conspiração e fraude no escândalo que envolve a construtora no âmbito da emissões poluentes e consequente violação da Clean Air Act.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG