Europeus travam nacionalistas mas deixam Parlamento Europeu fragmentado

A nível europeu, foi a maior afluência às urnas dos últimos 20 anos. Verdes assumem-se como quarta força política

Apesar dos elevados valores de abstenção em Portugal, perto dos 69%, o resto da Europa registou uma afluente ida às urnas. Os europeus souberam reconhecer que esta podia ser uma das mais importantes eleições europeias de sempre – devido à iminência do Brexit e à ascensão cada vez mais proeminente de partidos ultraconservadores, – e registaram uma taxa de participação de 50,5% na votação, a mais alta dos últimos 20 anos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG