Espanha apresenta candidatura de Luis de Guindos à vice-presidência do BCE

Ministro da Economia espanhol é candidato a ocupar o lugar do português Vítor Constâncio, cujo mandato termina a de 31 de maio

O Governo espanhol decidiu apresentar a candidatura de Luis de Guindos, ministro da Economia, ao lugar de vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), atualmente ocupado pelo português Vítor Constâncio.

Segundo a imprensa espanhola, o embaixador da representação permanente de Espanha junto da União Europeia (Reper) enviou uma carta com a candidatura de Guindos ao presidente do Eurogrupo, Mário Centeno.

O prazo para os países da zona euro apresentarem candidatos ao cargo de vice-presidente do Banco Central Europeu termina hoje, sendo que Espanha e Irlanda já tinham anunciado que iriam entrar na corrida.

O novo vice-presidente vai substituir o português Vítor Constâncio no comité executivo do BCE, cujo mandato termina em 31 maio.

O primeiro-ministro, António Costa, reiterou na terça-feira o apoio a uma candidatura de Luis de Guindos, no decorrer de uma reunião em Madrid com o homólogo espanhol.

"Nós, relativamente a Luis de Guindos, manifestámos também o nosso apoio ao Governo espanhol, se vier a apresentar [a candidatura] a um lugar que tem sido ocupado até agora por um português, que é o doutor Vítor Constâncio", disse António Costa na sequência do almoço de trabalho que teve com Mariano Rajoy.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG