Escolher não escolher também é opção legítima, diz Presidente da República

Marcelo Rebelo de Sousa comentou a elevada taxa de abstenção nas eleições europeias.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que gostava que houvesse “menos portugueses que escolheram não escolher”, mas considerou que essa é uma “opção perfeitamente legítima”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG