Entrega do IRS em separado "seduziu" apenas 5% dos casais

A tributação em separado no IRS passou a ser a regra para os casais e unidos de facto. Mas o novo regime convenceu apenas uma minoria de pessoas

Cerca de metade dos contribuintes que entregaram este ano declaração de IRS reuniam as condições para serem automaticamente abrangidos pela tributação em separado. Ou seja, são casados ou preenchem os requisitos da união de facto que lhes permite ter o tratamento fiscal dos casados. No entanto, o que os números mostram é que apenas 5,1% dos mais de 2,36 milhões destes agregados se deixaram "ficar" no regime da tributação separada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG