Elon Musk: "Não se muda o mundo só com 40 horas de trabalho por semana"

Elon Musk é conhecido pela sua política de trabalho, que defende mais de 10 horas laborais por dia na sua empresa.

Os estudos sugerem que a produtividade não está diretamente ligada ao número de horas de trabalho. Mas para o CEO da Tesla, SpaceX, The Boring Company e Neuralink, Elon Musk, essas conclusões não se aplicam à sua empresa ou aos seus hábitos. Esta segunda-feira, publicou na rede social Twitter que “para mudar o mundo, as pessoas deviam trabalhar entre 80 a 100 horas por semana”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG