EDP vai recorrer da multa de 48 milhões aplicada pela Concorrência

Empresa liderada por António Mexia refuta as imputações da Concorrência, defendendo que há falta de sustentação factual, jurídica e económica.

A EDP vai recorrer da multa de 48 milhões de euros aplicada, ontem, pela Autoridade da Concorrência (AdC) à sua subsidiária EDP Produção. Em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a energética afirmou que está a "analisar a decisão e respetivos fundamentos" e irá recorrer aos meios legais de forma a salvaguardar os seus direitos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG