Dívida da TAP atraiu mais de seis mil investidores

A transportadora aérea financiou-se em 200 milhões de euros em títulos a quatro anos.

A TAP alcançou o objetivo na emissão de obrigações. A transportadora aérea encaixou financiamento de 200 milhões de euros em obrigações que atingem a maturidade em 2023 e que pagam um juro ilíquido de 4,375%. O apetite por estes títulos levaram a empresa liderada por Antonoaldo Neves a aumentar o montante da operação dos 50 milhões previstos inicialmente para 200 milhões.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG