Desemprego fixa-se nos 6,1% em junho

No final de junho contabilizava-se uma população empregada de mais de 4,8 milhões de pessoas, enquanto o número de desempregados ascendia a 313,7 mil. Segundo o INE, a taxa de subutilização situava-se nos 11,6%.

O nível de desemprego em Portugal fixou-se nos 6,1% no mês de junho, uma taxa 0,1 pontos percentuais acima do registado em maio e 0,6 percentuais abaixo do verificado em junho de 2021, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta sexta-feira.

De acordo com as estimativas mensais de emprego e desemprego, no final de junho, a população ativa ascendia a 5,169 milhões de pessoas, menos 0,3% face a maio e mais 0,2% face a junho de 2021. Dessa população ativa, mais de 4,8 milhões de cidadãos estavam empregados, "um decréscimo em relação ao mês anterior e a três meses antes" e um "acréscimo de 0,8% relativamente ao mês homólogo de 2021". Ora, o número de pessoas sem um emprego era de 313,7 mil, uma proporção superior em 1% ao verificado em maio e em 2,2% ao observado em março. Relativamente a junho de 2021, o número de pessoas desempregadas diminuiu 8,8%.

Ainda no mês de junho, a taxa de subutilização de trabalho situou-se em 11,6%, mais 0,1 pontos percentuais do que em maio e mais 0,2 pontos percentuais face aos três meses anteriores a junho. No entanto, esta taxa recuou 0,9 pontos percentuais face a junho de 2021. A subutilização do trabalho abrangeu 617,7 mil pessoas.

em atualização

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG