Deco alerta: condomínios não têm de pagar taxa do audiovisual

A cobrança da contribuição audiovisual nas contas de eletricidade do condomínio custa 8 milhões. Que não deviam ser pagos, considera a Deco.

À semelhança do que sucede com as contas de eletricidade da maioria dos portugueses, as que são emitidas por conta do condomínio (para a iluminação das partes comuns do prédio) também trazem a parcela relativa à contribuição do audiovisual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG