Correios. 160 trabalhadores já aceitaram sair da empresa

Em novembro os CTT tinham aberto a porta à saída de até 300 trabalhadores, através de reformas antecipadas e convite à rescisão

Cento e sessenta trabalhadores dos CTT já aceitaram o convite à saída feito pelo operador postal em novembro do ano passado, adiantou António Pedro Silva, administrador executivo dos Correios, ao Dinheiro Vivo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG