Contribuintes só recuperaram 14% da ajuda à banca desde 2008

Governo duvida do músculo financeiro do país. Em oito anos, Estado gastou 14,6 mil milhões no sector. Recuperou apenas 2 mil milhões

Os contribuintes portugueses só conseguiram reaver 14% do dinheiro usado pelos sucessivos governos para ajudar o sector bancário e financeiro entre 2008 e 2015. Os custos brutos (nacionalizações, injeções de capital, empréstimos, garantias) ascenderam a 14,6 mil milhões de euros; as receitas captadas pela ajuda prestada ficaram-se pelos dois mil milhões de euros, indicam dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) enviados ao Eurostat.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG