Connect Portugal. Rede quer juntar os talentos portugueses no estrangeiro

A comunidade já está presente em Boston, Berlim, Basileia e Londres e a caminho de Paris, Nova Iorque e São Paulo.

“Em 2011, estava eu a viver em Zurique e senti em primeira mão o quão difícil é ligarmo-nos a outros portugueses no estrangeiro, mas também o valor que dessas ligações pode surgir”, conta Inês Santos Silva, num comunicado enviado às redações. A fazedora, que em 2016 já tinha lançado a comunidade Portuguese Women in Tech, em conjunto com Liliana Castro, decidiu então avançar com a criação da rede Connect Portugal, cujo principal objetivo é ligar o talento português espalhado pelo mundo e potenciar a imagem de Portugal no mundo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG