Como uma peça de 35 euros pode destrancar 100 milhões de carros

Há dois tipos de ataques: um para o grupo Volkswagen e outro para marcas como Alfa Romeo, Citröen e Renault, entre outras

Uma equipa liderada pelo cientista da computação da Universidade de Birmingham Flavio Garcia em parceria com a empresa de engenharia alemã Kasper & Oswald fez uma descoberta que põe em causa a segurança de pelo menos 100 milhões de automóveis fabricados desde 1995: há um dispositivo sem fios que pode destrancar as portas dos carros acionados por controlo remoto.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG