Como o Fortnite está a ser usado para lavar dinheiro

Popular jogo está a ser usado por 'hackers' para lavar dinheiro roubado através de cartões de crédito.

O jogo online Fortnite está a ser usado para lavar dinheiro. Hackers roubam dados dos cartões de crédito e depois compram moeda do próprio jogo que vendem a granel com desconto em pequenas quantidades na internet legal e em grandes quantidades na dark web. A investigação foi feita pelo jornal inglês The Independent e pela empresa de cibersegurança Sixgill.

No jogo existe uma moeda virtual - os V-bucks - que é usada para comprar itens na loja oficial do Fortnite. Desde roupas, armas ou novos passos de dança. Os hackers vendem V-bucks com desconto a jogadores, lavando assim o dinheiro roubado dos cartões de crédito. Estas vendas em pequenas quantidades são publicitadas no Instagram e no Twitter.

Há vendas destas a serem feitas em chinês, espanhol, russo, inglês ou árabe. "Os criminosos estão a fazer fraudes com cartões e a tirar e meter dinheiro no sistema do Fortnite com relativa impunidade", refere ao The Independent Benjamin Preminger, analista sénior da Sixgill.

Com mais de 200 milhões de jogadores em todo o mundo, a Epic Games lucrou em 2018 com o Fortnite mais de 3 biliões de dólares (2,6 mil milhões de euros).

Não se sabe quanto lucram os criminosos com esta fraude, no entanto, a Sixgill contabilizou que produtos do Fortnite renderam mais de 250 mil dólares (219 mil euros) no eBay em 60 dias, no ano passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG