Ikea testa comida à base de insetos

A empresa sueca está a experimentar alimentos à base de produtos sustentáveis que sejam agradáveis para o ser o humano e bons para o planeta

Ainda não estão no cardápio, mas a cadeia de lojas sueca Ikea está a fazer experiências no sentido de, mais cedo ou mais tarde, disponibilizar nos seus restaurantes comida à base de... insetos. Sobretudo, no prato típico que apaixona muitos dos clientes que procuram móveis na superfície comercial: as famosas almôndegas suecas.

A marca já tinha lançado em 2015 comida vegetariana. Na altura, surpreendeu com o mesmo prato que está agora a tentar reproduzir à base de insetos. Os hambúrgueres e os cachorros quentes são outras das iguarias que o Ikea já fez saber que está a tentar recriar usando ingredientes mais sustentáveis.

Simon Caspersen, co-fundador do Space10, o laboratório da empresa em Copenhaga, na Dinamarca, disse à CNBC Make It: "Os insetos geralmente contêm mais proteínas e menos gordura do que as carnes tradicionais, tornando-se uma adição viável ao nosso menu atual".

A ideia é criar uma comida que seja, ao mesmo tempo, saborosa para o cliente e boa para o meio ambiente. "A [marca está a] inventar pratos que parecem bons, sabem bem e são bons para pessoas e para o planeta", pode ler-se no Business Insider, publicação que adianta ainda que não são apenas os insetos que estão a ser testados. Outras alternativas podem passar por carne produzida em laboratório, algas e outros produtos cultivados em água em vez de terra.

Os insetos geralmente contêm mais proteínas e menos gordura do que as carnes tradicionais, tornando-se uma adição viável ao nosso menu atual.

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, comer insetos poderá ser o futuro, uma vez que é considerado uma solução para muitos dos problemas que acompanham o consumo humano de proteínas animais, incluindo a procura, o custo e os efeitos ambientais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG