Combustíveis subiram mais de 10 cêntimos

Governo disse, em fevereiro, que preços teriam de subir 4,5 cêntimos para o ISP ser revisto em baixa. Agora, não diz se vai fazê-lo

O Governo ainda não garante que o Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP) vá baixar em maio. Bastaria um aumento de 4,5 cêntimos nos preços de referência dos combustíveis para que o imposto baixasse em um cêntimo. As médias mensais mostram que o gasóleo aumentou 11 cêntimos desde janeiro e a gasolina 12 cêntimos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG