Combustíveis devem descer a 12 de maio

ISP vai ser revisto para a semana porque Executivo se comprometeu a analisá-lo trimestralmente e parece haver margem para descer preços.

O Governo vai rever o Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP) já a 12 de maio, e dado os recentes aumentos da cotação do petróleo e, consequentemente, dos preços finais dos combustíveis, haverá margem para uma descida, tal como prometido pelo Executivo quando decidiu aumentar esta taxa. Contudo, para já, prefere não avançar com nenhum valor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG