Chineses da EDP lembram Governo do peso da privatização no país

Empresa esteve em Lisboa para assinar novo acordo com a EDP e para reunir com os chefes de estado portugueses

A cerimónia foi curta, mas carregada de simbolismo. Na sexta-feira à tarde, a EDP e a sua principal acionista, a China Three Gorges (CTG), assinaram um memorando que marca uma nova fase na relação entre as duas empresas. Ou seja, vão investir mais dinheiro além do que o que ficou acordado na privatização há quatro anos. Mas aproveitaram a ocasião para relembrar o Governo português que a venda da elétrica não foi importante só para empresa - que ganhou músculo financeiro - mas também para o país.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG