China Three Gorges compra de parque eólico na Alemanha

A empresa chinesa é a acionista maioritária da EDP

A empresa China Three Gorges (CTG), acionista maioritário da EDP, anunciou hoje que chegou a acordo para comprar a Meerwind, operadora de um dos maiores parques eólicos em alto mar da Alemanha, ao fundo norte-americano Blackstone Group.

O gigante estatal chinês refere em comunicado que a aquisição lhe permite não só somar ativos, como também integrar os técnicos especializados da Meerwind, que desenvolveram e geriram a construção e operação daquele projeto.

O valor do negócio não foi ainda divulgado, mas o jornal oficial chinês China Daily fixou-o em 1,6 mil milhões de euros.

O parque eólico Meerwind consiste em 80 turbinas, cada uma com capacidade de 3,6 megawatts (MW).

Para a CTG trata-se de "um dos mais promissores projetos de energia eólica na Europa".

Em entrevista à agência Lusa na semana passada, o vice-presidente da CTG International, Wu Shengliang enalteceu o contributo da EDP para a internacionalização da estatal chinesa.

"Hoje, a CTG é a segunda maior geradora de energia com capital privado no Brasil (...) temos projetos conjuntos com a EDP em Inglaterra e França, e presença em Itália, Polónia e Portugal", afirmou.

Em 2012, na sequência de um concurso internacional, a empresa chinesa pagou ao Estado português 2,7 mil milhões de euros por uma participação de 21,35% no capital da EDP, num dos maiores investimentos chineses na Europa.

No ano passado, a CTG gerou cerca de 201 mil milhões de quilowatts-hora e obteve lucros líquidos de 34,5 mil milhões de yuan (4,6 mil milhões de euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG